Paixão do ex-diretor criativo da Diesel pela cidade baiana resultou em onze casas autorais que revivem a tradição local com responsabilidade ambiental

Uxoa

Quando visitou Trancoso pela primeira vez, há dez anos, o holandês Wilbert Das decidiu mudar de vida e traçou como objetivo criar uma casa de veraneio sustentável, que revivesse a riqueza cultural e natural do sul da Bahia. A paixão pela cidade foi tão grande que Wilbert deixou seu prestigiado posto de diretor criativo da grife italiana Diesel, cargo que ocupou por 21 anos, para se dedicar integralmente à nova empreitada.

Hoje, seu legado já soma onze casas autorais nomeadas em homenagem aos antigos habitantes: Seu Pedrinho, Gulab Mahal, Zé e Zilda, Seu Irênio, Estúdio, Quintal da Glória, Casa da Árvore, Eugênia, Seu João, Nozinho e Terraço do Céu que se transformaram no UXUA, hotel cinco estrelas reconhecido em prêmios internacionais por sua profunda ligação com a natureza, recebendo clientes célebres de diversas partes do mundo.

O trabalho do designer é reconhecido mundialmente por seu compromisso com o localismo e a preservação: todas as casas, algumas delas antigas residências de pescadores, foram transformadas ou construídas com o trabalho de artesãos nascidos na região sem a derrubada de nenhuma árvore. Além disso, Wilbert trabalha unicamente com materiais resgatados, como a caçamba de um caminhão que virou a cabeceira de uma cama e barcos que se transformaram espreguiçadeiras na praia.

Com a preocupação ambiental ocupando o posto de um dos pilares mais importantes da filosofia do hotel, o holandês tem trabalhado para aprimorar suas técnicas de reaproveitamento em linhas de móveis que unem o design com a ecologia, entre eles: mesas, luminárias, chuveiros, cadeiras e louças.

A ideia de usar materiais reciclados na propriedade foi amparada pelo fato de que havia ali um largo jardim abandonado por anos, com uma enorme quantidade de ricas matérias-primas, como árvores caídas e troncos esperando para serem usados por Wilbert e seu time de carpinteiros, resultando, por exemplo, em belas pias de madeira esculpida que apareceram em revistas internacionais especializadas em design.

Deste começo verde, o conceito cresceu e uma procura maior começou em busca de antigos pisos de madeira, puxadores e telhas de casas abandonadas. Combinando técnicas locais e tradicionais de construção, o UXUA criou seu estilo. O resultado é um hotel que se integra perfeitamente ao meio ambiente, celebrando a cultura dos nativos de Trancoso.

O UXUA vem sendo reconhecido por seu compromisso com o turismo sustentável e sua autenticidade cultural desde sua inauguração, em 2009, e foi nomeado pela terceira vez consecutiva ao prêmio Virtuoso como um dos cinco destaques no mundo por sua liderança em iniciativas de sustentabilidade. A indicação ao prêmio deu-se devido a criação do projeto MAMA Trancoso, em parceria com a ONG Despertar.

O projeto tem o objetivo de criar uma geração de jovens ativistas, ambientalistas na comunidade e profissionais do turismo capacitados para atender as demandas, sendo uma iniciativa de educação ecológica inovadora.

A lista de alguns materiais reaproveitados usados nas casas do UXUA e suas técnicas de aplicação:

Chuveiros – Os chuveiros da propriedade foram criados pelo designer Wilbert Das, moldados a partir da madeira de eucalipto que nasce na região. Há também peças criadas a partir de cobre recuperado e cerâmicas feitas à mão em Trancoso. A água é aquecida através de painéis solares.

Pisos – As madeiras recicladas vindas de Minas Gerais foram usadas para fazer os pisos do UXUA, assim como as mesas e todos os móveis da parte administrativa do hotel. Outros pisos são feitos pela evolução de uma técnica particular local da queima de cimento liso com enzimas, criando um acabamento exclusivo.

Arte – Inúmeras peças de arte de artistas e artesãos locais são exibidas em todo o hotel, bem como contribuições de notáveis artistas / designers brasileiros, como Lucas Simões e Rodrigo Almeida que integram o UXUA como parte do programa de residência artística “Artista na Casa” uma inovadora iniciativa de Wilbert Das. Outras peças foram presentes de membros da tribo local de índios Pataxó.

Antiguidades – Peças antigas são muito usadas na decoração e foram escolhidas em incontáveis visitas a fazendas. No spa, por exemplo, há um escalda-pés de aço recuperado de um hotel do sul do país. Instrumentos musicais antigos usados na capoeira entram nas aulas desse esporte em aulas gratuitas para a comunidade, que o hotel patrocina desde 2006. Nas casas, televisões estão escondidas atrás de velhas caixas de viagem – um premiado design do UXUA, em que as peças escondem os aparelhos e mantém a atmosfera rústica dos ambientes.

Papelaria – Todo material de papelaria do UXUA é feito com papel reciclado, produzido localmente em uma pequena fábrica de artesãos que fazem todo o processo manualmente. O livro de hóspedes e o menu do restaurante têm suas capas feitas de couro reaproveitado de antigos livros e são cravados com desenhos de artistas locais e internacionais, como o irlandês Mark Inglis, que também participou do programa “Artist in Casa”.

Piscina de cristal – A piscina principal do UXUA não é feita de cimento ou pastilhas importadas, mas sim de 40.000 pequenos pedaços de cristal quartzo aventurina selecionados à mão da área de Trancoso. Esse belo toque arquitetônico se tornou um dos detalhes mais icônicos do hotel, sendo fotografado para muitos livros de design.

Praia bar com antigos barcos de pesca – Nada representa mais Trancoso do que barcos de pesca, e Wilbert Das reciclou alguns dos mais abandonados no local para transformá-los em um bar de pescador ultra-rústico, de baixo impacto na praia, e que foi listado pela CNN como sétimo melhor bar de praia no mundo

Tradicional cozinha baiana – A culinária da antiga casa de Dona Frozina no Quadrado de Trancoso, com fogão a lenha ainda em uso, compõe o restaurante do UXUA, que combina pratos locais, incluindo receitas velhas das famílias de moradores Trancoso e frutos do mar capturados por métodos tradicionais (o UXUA é o único patrocinador da Associação de Pescadores de Trancoso), apresentando uma proposta de comida contemporânea saudável com raízes na primeira chegada dos hippies que redescobriram o vilarejo na década de 1970. Os hóspedes do UXUA também podem experimentar refeições em casas de nativos no programa chamado Taste of Trancoso.

Projetado pelo designer holandês Wilbert Das, o UXUA Casa Hotel & Spa é um hotel cinco estrelas que apresenta 11 casas totalmente únicas, com 1 a 3 quartos (suítes), que se adequam com perfeição ao centro histórico de Trancoso, uma pequena vila de pescadores localizada no idílico litoral do sul da Bahia.

Contato:
UXUA Casa Hotel & Spa
(73) 3668-2277
http://uxua.com/